terça-feira, 24 de julho de 2012

Sabemos que temos ar de pelintras quando...

Vamos a passear por Albufeira com o nosso namorado e reparamos que somos os únicos turistas a quem a senhora que está à porta de um restaurante todo chique não alicia para entrar. Lá estava ela, a chamar toda a gente, a mostrar a cremalheira toda, a exibir o cardápio e quando nós passamos ela olha para nós, faz um ar de hesitação e dirige-se a quem vem atrás.
Juro-vos que me apeteceu ir levantar 100 eurecos, voltar lá, abanar as notas tipo leque à frente dela e dizer "Oooolha, minha grandessíssima pindérica! Como vês eu também tinha dinheiro para ir comer cataplana de marisco e vol au vent e suflê no teu restaurante da treta, ´tás a ver? Aliás, era mesmo o que me estava a apetecer! Mas se achas que não tenho pinta suficiente para isso, vou antes ali ao McDonald's, que ao menos lá não discriminam ninguém. Mas só mesmo por isso!". Depois virava costas fazendo o cabelo esvoaçar atrás de mim (estão a ver a ideia, não estão?), empinava o nariz e começava a caminhar à top model, direitinha ao multibanco mais próximo para voltar a pôr os 100€ no sítio deles, que a vida está cara.

Pronto, não se pode dizer que a senhora não tenha faro para os clientes... De facto, ela estava coberta de razão: nós não íamos mesmo comer no restaurante dela. Enfim, prioridades! Mas caramba, quer-se dizer, uma pessoa faz um esforço para andar bem parecida e depois é isto! Cambada de elitistas!
Vá, e não fiquem invejosos, que eu não ando a passar o rabiosque por Albufeira, isto já foi no ano passado. Se bem que não me importava nadinha inha inha de estar lá neste momento...

2 comentários:

  1. grande filme :D mas sim eu percebi a ideia eheh
    pois e se calhar é mesmo isso que lhe manda fazer, ir atrás dos que tem mais massa!

    ResponderEliminar