segunda-feira, 10 de setembro de 2012

Adeus, vida própria!

Minha gente, entrei em modo estágio, de maneira que é provável que a minha assiduidade blogosférica não melhore nos próximos tempos. Entre todo o trabalho do estágio em si, a tese e a preparação de um exame super importante, desconfio que este ano vou passar por várias fases ricas em tendências suicidas. Já estou aqui que não sei se corte os pulsos ou se me atire de uma ponte e isto ainda agora começou! Mas talvez não seja preciso tanto... Se me enfiar no meio dos papéis e livros que tenho para ler, talvez seja o suficiente para provocar uma asfixia ou um soterramento. É que são TONELADAS! Portanto, se eu não voltar cá, já sabem o que me aconteceu. Estou muito tentada a enfiar-me num avião que vá direitinho à Holanda para trazer de lá uns brownies carregadinhos de substâncias psicotrópicas, para me ajudarem nos momentos mais difíceis. E agora vou parar de me queixar, que já estou farta de me ouvir e vou mas é fazer qualquer coisa de útil. Mas antes, deixo-vos com uma que ouvi hoje e que achei engraçada para vocês contarem aos vossos amigos quando estiverem todos sentados numa esplanada e beber umas minis e a comer uns minuins, enquanto contemplam um belo pôr-do-sol de fim de Verão:

O que é que acontece quando se mete um tomate no microondas?
...
Trilha-se o outro.

E pronto. É isto. E agora vou fazer coisas giras, do tipo... Pesquisar artigos! Yeeey, fiesta!

8 comentários:

  1. Acho que se te queres mesmo matar, escolhe cortar os pulsos.
    O Passos acabou com as pontes... e alguns feriados também. lool

    ResponderEliminar
  2. Depois dessa piada, se estiveres mesmo para te atirar de uma ponte, só tenho uma coisa para te dizer: Salta.

    ResponderEliminar
  3. Vais ver que vai correr tudo bem! :D
    Boa sorte!

    ResponderEliminar
  4. Cortar os pulsos só com uma colher (que é para doer mesmo muito e estar entretida durante mais tempo)!
    Boa sorte!
    Num instantinho já passou, vais ver!

    ResponderEliminar